Buscar
  • miltoques

Crítica ao “ensino” à distância

Atualizado: Mar 31


Ensino à distância sempre existiu na forma de lição de casa e realmente não passa disso. O ensino à distância, quer dizer, a lição de casa é uma ferramenta, só uma dentre muitas da Educação. Educação à distância não existe, é confundir os meios com o fim. Lição de casa sempre existiu para reforçar a memorização de algo, orientar quais leituras e quais exercícios fazer, enfim, quais informações memorizar. No máximo oferece uma orientação, uma instrução para alguém sozinho ou virtualmente “acompanhado” realizar algo. E isso sempre existiu desde a Antiguidade na forma de troca de cartas.

Educação pressupõe relação humana, um contato direto, sentir o outro e ser sentido, a transmissão de atitudes, posturas e comportamentos pela presença do olhar, do escutar, do falar, do sentir-se fisicamente e emocionalmente próximos e juntos trabalhando na mesma direção. Educação é aprender a dar e a receber carinho, é aprender o respeito por si e pelo outro. Educação não é a memorização de informações.


Danilo Patutti




33 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Fragmentação psíquica

Os humanos estão fragmentando seus psiquismos com o modo de vida cultivado hoje. Nem percebem. Fragmentação psíquica, novas doenças psicológicas. A destruição da faculdade de atenção, ou se quiser, fo

Falibilidade

A noção de incomensurabilidade entre os paradigmas de ação e ajuizamento moral é uma perspectiva teórica muito útil quando refletimos sobre a preservação do direito individual à opinião própria e ao e

Formação Moral

A formação moral esbarra na definição do “correto a ser ensinado”. A Unesco propõe como resposta a valorização do multiculturalismo, da tolerância e do respeito às diferenças, do reconhecimento do out